Hive Digital Media conquista a conta de tecnologia de Guaraná Antarctica

Postado em: 23 janeiro 2014
Nenhum comentário

Entender, engajar e oferecer conteúdo direcionado. Esses são os principais objetivos de uma marca quando se relaciona no ambiente online com seus consumidores. Esse conjunto de ações atrelado ao universo da tecnologia foi o que uniu a Hive Digital Media, especializada em plataformas digitais online, e o Guaraná Antarctica. Com a conquista do novo cliente, a empresa amplia atendimento às marcas da AmBev, sendo já responsável pela conta de tecnologia da Skol.

No escopo de trabalho da Hive está desenvolver e gerenciar ações nas plataformas online, como portais e redes sociais, e também integrar todo o processo de BI (Business Intelligence) e CRM (Customer Relationship Management), utilizando os dados gerados pelas interações do consumidor com as diversas plataformas da marca.

“É uma grande responsabilidade e estamos prontos para isso. O trabalho entregue por nós permitirá o uso inteligente do banco de dados para que as informações sejam utilizadas de forma estratégica e segmentada pelo cliente. Acredito que a excelência tecnológica e a aplicação disciplinada de BI são a base para qualquer marca que queira ter relevância no ambiente digital daqui para frente.”, explica Mitikazu Lisboa, CEO da Hive.

Focados na movimentação de seu público-alvo, jovens de 18 a 25 anos, o Guaraná Antarctica está sempre em busca da originalidade e inovação. “Investimos no digital consistentemente, e hoje colhemos os frutos disso. Nossa maior preocupação agora é continuar trabalhando com o que há de mais eficiente e inovador, mas principalmente que traga benefícios para a marca”, diz Cleber Dantas, Gerente de Marketing Digital de Guaraná Antarctica.


 Powered by Max Banner Ads 

Deixe seu comentário

Leia o post anterior:
Agência Tudo cria o ‘Projeto 3 Segundos’, que faz alerta sobre poluição

Cerca de sete milhões de carros circulam por São Paulo todos os dias. A poluição provocada pelos veículos causa cerca de 4,5 mil vítimas fatais por ano na cidade – quase o triplo de pessoas mortas em decorrência de acidentes ...

Fechar